25.6.14

Continuar a continuar

0 comentários
Estou prestes a licenciar-me na arte de desenrascar trabalhos à pressa enquanto durmo pouco e acumulo listas de coisas realmente interessantes que preferia estar a fazer anotadas em bocados de papel que perco em gavetas e nos bolsos das calças. Variante de Design de Comunicação. Mas não tenciono exercer.

1.4.14

O lençol - artigo onde o autor aborda questões como "democracia visual para além do ter mais ou menos pilim", "bom senso para além do ter mais ou menos direito" e "vai andando que a gente já lá vai ter... é o vais"

0 comentários
Regra geral, quando alguém numa conversa sobe o tom de voz, isso significa que se estão a esgotar rapidamente os seus recursos retóricos. Se não se é capaz de mover, convencer, seduzir, pelos argumentos, então, um berro valente há-de resolver a questão.

25.3.14

Sobre rótulos e não-rótulos

0 comentários
(…) In recent decades, Graphic Design has become associated foremost with commerce, becoming virtually synonymous with corporate identity and advertising, while its role in more intellectual pursuits is increasingly marginalized. (…)

26.2.14

Aqui vamos nós (outra vez)

0 comentários
A leitora(1) mais atenta e a quem uma enfermidade não tenha conduzido a um estado comatoso nos últimos meses, ter-se-á certamente apercebido do hiato mais ou menos correspondente ao período médio de gestação de um bebé humano que intervalou a publicação de textos neste blogue.

24.2.14

Rótulos e não-rótulos

0 comentários
Acho engraçado como às vezes, a propósito de algum acontecimento específico que se aproxima no decorrer do curso, surjam discussões que se revelam urgentes entre os alunos mas que ainda assim continuam ausentes da actividade curricular oficial e só são alimentadas nos corredores, na mesa do bar, nas casas uns dos outros; ou seja: em qualquer sítio onde não esteja a acontecer uma aula.

22.2.14

Designer as a Firm

0 comentários
Há uns tempos atrás numa aula de Crítica de Design foi proposto pelo professor Mário Moura debater-mos três diferentes pontos de vista do papel do designer: freelancer, funcionário, firma.

22.5.13

Uma tarde na faculdade

0 comentários
Ultimamente tenho-me dedicado bastante a tentar perceber a verdadeira utilidade do curso que estou a tirar e as conclusões a que tenho chegado em conversa com vários colegas não têm sido muito animadoras.